17 de agosto de 2018

Número de pessoas que não trabalham e nem procuram emprego cresce na Bahia


A Bahia apresentou um recuo da taxa de desocupação de acordo com o último levantamento do IBGE-BA. Este dado foi resultado da redução na população que não estava trabalhando e procurava trabalho, aponta o Instituto.

Com o resultado, o estado deixou de ter a segunda maior taxa de desocupação do país e caiu para a quinta posição, isso porque a Bahia foi um dos sete estados em que a taxa recuou na comparação com o primeiro trimestre do ano (17,9%).

Quanto a taxa de ocupados, houve pouca mudança no estado. O número passou de 5,885 milhões no primeiro trimestre para 5,909 milhões de pessoas no segundo, um pequeno aumento de 24 mil pessoas correspondente a 0,4%.

Postagens relacionadas

Número de pessoas que não trabalham e nem procuram emprego cresce na Bahia
4/ 5
Oleh