13 de setembro de 2017

Mostra oferece oportunidades para pequenos produtores da Chapada Diamantina


Café orgânico da Chapada Diamantina, cachaça de Abaíra, biscoitos e artesanato de Souto Soares, morangos, mel e produtos oriundos do coco. Todos esses produtos foram expostos no estande do Sebrae durante a 2ª Mostra de Turismo e Negócios, que aconteceu entre os dias 7 e 10 de Setembro, em Mucugê, na Chapada Diamantina. Cerca de duas mil pessoas, entre turistas e moradores, participaram do evento, que foi realizado simultaneamente com o Desafio OGGI do Alto Paraguaçu, direcionado para ciclistas e amantes de esportes radicais.

Representante da Cooperativa de Produtos Orgânicos e Biodinâmicos da Chapada Diamantina (Cooperbio), da cidade de Piatã, Brígida Salgado fez questão de ressaltar a importância do evento, ao destacar que o café da região precisa ser apreciado e consumido por turistas e moradores. “Com essa oportunidade, pude oferecer degustações e realizar bons negócios, inclusive com novos convites para participações em feiras e eventos até fora da Bahia”, disse. 

O gerente regional do Sebrae em Irecê, Edirlan Souza, participou da Mostra, e falou sobre o incentivo aos pequenos negócios presentes no espaço. “A maioria dos expositores que participou é formada por pequenos negócios, associações e cooperativas. O Sebrae, além de fortalecer o elo entre os produtores e os turistas, incentivou o Movimento Compre do Pequeno Negócio, fortalecendo assim, a economia local”, explicou.

Para o organizador do evento, Juth Mattos, a iniciativa visa fortalecer o turismo e criar novas oportunidades para o visitante conhecer a Chapada de uma forma singular. “Os visitantes puderam conhecer os produtos e serviços e os empresários tiveram a oportunidade de comercializar de forma conjunta, entendendo que unidos são mais fortes”, revelou.

A programação incluiu apresentações culturais de artistas locais e movimentou cerca de R$ 1 milhão, entre hospedagens, passeios, alimentação e compras diversas. Organizado pelo Alto Paraguaçu, o evento teve o apoio do Sebrae, Prefeitura Municipal de Mucugê, Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e empresários locais.

Workshop de Integração

Durante a Mostra de Turismo e Negócios, o Sebrae também realizou o I º Workshop de Integração, no dia 8, na Câmara de Vereadores de Mucugê. O evento foi ministrado pelo consultor Aldir Parisi e teve a participação dos Comitês Gestores dos projetos Turismo, Horticultura e Café. Com o objetivo de integrar os segmentos e potencializar as oportunidades do trade turístico da região, o evento abordou temas como Turismo de Negócio, Ecoturismo, Gastronomia, Produtos Locais e Sensibilização e Capacitação da sociedade local.

O produtor de Café Orgânico da cidade de Piatã, Anailson Souza, ressaltou a importância do encontro e falou sobre a união dos comitês para o fortalecimento do turismo na Chapada. “Precisamos ampliar a visão para podemos juntar as forças da Chapada em busca de um maior envolvimento de todos. Eventos como esse nos orienta e nos mostra a importância de trabalhar em conjunto, assim, vamos atrair mais turistas e, consequentemente, a geração de renda será maior, beneficiando todos os segmentos da cadeia produtiva do turismo”, completou.

A gestora dos projetos Horticultura e Café do Sebrae, Márcia Serra, falou sobre o encontro e destacou a participação de todos os segmentos do Turismo no workshop. “A participação dos comitês mostra a importância desse trabalho feito em conjunto. O produtor que oferece o café orgânico, o morango e o mel, por exemplo, precisa do dono da pousada para comercializar os seus produtos em mais um ambiente. O turista que chega à Chapada quer sentir esse diferencial, viver uma experiência única que envolva lindas paisagens, gastronomia e roteiros inesquecíveis”, explicou.

Nara Zaneli
Agência Sebrae de Notícias Bahia






Postagens relacionadas

Mostra oferece oportunidades para pequenos produtores da Chapada Diamantina
4/ 5
Oleh