13 de junho de 2017

Mensagens mostram assédio de professor a aluna de 10 anos: 'Só quero você'

(Foto: Reprodução)
Um professor foi preso em flagrante no sábado (10) por tentativa de estupro de uma aluna de 10 anos em Palmas, Tocantins. O suspeito de 22 anos era professor voluntário de fanfarra em uma escola municipal e mandou várias mensagens assediando a garota. A avó da criança olhou o celular da menina depois de perceber que ela estava se comportando de modo estranho. A informação é do G1. 

"Era o celular na mão o tempo todo. Eu peguei e vi as mensagens dele. Fiquei em pânico", relata a avó. O suspeito tinha marcado um encontro com a menina em uma praça perto da escola. A polícia foi acionada e ao chegar no local encontrou o professor tentando levar a menina, que chorava, para um matagal próximo. Ele foi preso.

Em outras mensagens, o professor perguntava sobre os gostos musicais da menina e pedia para ela "dançar mais" no intervalo das aulas. Com o passar do tempo, começou a ficar mais direto e chegou a pedir que ela enviasse fotos "à vontade" para ele. Em outra mensagem, afirmou que um batom deixou a aluna "mais mulherão". 

"Além dos atos preparatórios, ele marcou um encontro com a menina em uma praça. Antes que ele conseguisse tirar a roupa da criança a polícia conseguiu fazer a detenção dele", explica o delegado Hudson Guimarães, que agora vai pedir que o professor tenha o sigilo telefônico quebrado. 

Em nota a Prefeitura de Palmas afirmou ter conhecimento do fato, mas salientou que o professor não é servidor municipal e não tem vínculo contratual com a rede municipal de ensino. Afirmou que ele é voluntário do programa Mais Educação e que todas as medidas cabíveis serão tomadas. O afastamento imediato do professor foi determinado durante a investigação.

Postagens relacionadas

Mensagens mostram assédio de professor a aluna de 10 anos: 'Só quero você'
4/ 5
Oleh