14 de junho de 2017

Governo inaugura conjunto penal e requalifica presídio em Salvador

Fotos: Camila Souza/GOVBA
O Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), inaugurou o Conjunto Penal Masculino de Salvador, no Complexo da Mata Escura, em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (13). A solenidade também marcou a entrega da requalificação do Anexo do Presídio Salvador. 

Com capacidade para 683 presos, a construção do conjunto penal custou R$ 31 milhões. Já a reforma e requalificação do anexo, que dispõe de 236 vagas, recebeu investimento de R$ 2,5 milhões. “Com recursos próprios, conseguimos melhorar e requalificar toda uma estrutura que merece atenção. É importante que a ressocialização ocorra com todo um aparato qualificado e que proporcione segurança mútua para os custodiados e funcionários”, afirmou o secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte.

Construído com painéis pré-fabricados, material que possui uma resistência até quatro vezes maior que o concreto comum, o novo conjunto tem detector de metal nas três modalidades (pórtico, manual e banqueta), área de visitas com sistema de interfone e vidros de segurança e posto de saúde com atendimento médico e dentário. Além disso, a abertura e o fechamento das portas é monitorado pela parte superior da cela. 

O conjunto é dotado também de salas de aula, laboratório de informática, área de lazer integrada com a quadra poliesportiva, entre outros espaços que estimulem o trabalho e a educação do preso. “A ressocialização não significa se preocupar apenas com a estrutura física do equipamento prisional, mas também se ater ao potencial de recuperação do ser humano que essas melhorias estruturais podem trazer”, destacou o superintendente de ressocialização da Seap, Luis Antônio Fonseca. 

De acordo com Nestor Duarte, as inaugurações buscam zerar o déficit prisional e tornar o sistema carcerário baiano cada vez mais humano. “Aqui será possível a prática da humanização do sistema que queremos e que servirá de modelo para todo o país”, afirmou o secretário. 

No último dia 2, o Governo do Estado inaugurou o Conjunto Penal de Barreiras, o primeiro presídio da história do oeste da Bahia, capacidade para 533 presos. Ainda no primeiro semestre deste ano, serão inaugurados novos conjuntos penais em Irecê e Brumado, que somarão mais 1.066 vagas para o sistema prisional baiano.

Fonte: Secom/BA



Postagens relacionadas

Governo inaugura conjunto penal e requalifica presídio em Salvador
4/ 5
Oleh