19 de janeiro de 2017

SAÚDE: Um mês antes de um ataque cardíaco, o corpo vai avisar com estes 5 sinais


Com o aumento do consumo de produtos industrializados, falta da prática de exercícios físicos e uma má alimentação, os casos de problemas cardíacos cresceram consideravelmente. E por consequência disso, os ataques cardíacos se tornaram um risco real em nosso meio.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o infarto do miocárdio é uma das principais causas de morte no Brasil, que registra cerca de 400 mil casos de ataques cardíacos por ano e desses 400 mil casos, aproximadamente 70 mil resultam em morte.

De acordo com especialistas, existem 5 condições que aumentam consideravelmente o risco de um ataque cardíaco, são elas: má alimentação, sedentarismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, diabetes e a obesidade.

A grande maioria dos ataques cardíacos ocorre fora do ambiente hospitalar, por isso é fundamental que seus sintomas sejam detectados de forma precoce para que assim possa evitar danos maiores e até a morte do indivíduo.

Veja também: Sintomas de que você está sofrendo um derrame

Sabendo da gravidade do assunto e da importância de um diagnóstico precoce, separamos algumas dicas fáceis para você identificar se você ou alguém próximo está correndo risco de ter um ataque cardíaco.

1 - Falta de ar
Quando nosso coração bombeia uma menor quantidade de sangue, o pulmão encontra mais dificuldade para transportar o oxigênio e, por consequência disso, há menos oxigênio para si próprio. O bom funcionamento do coração e pulmão estão diretamente ligados, quando um não funciona bem, consequentemente o outro também falhará em algum momento em suas tarefas. Sentir falta de ar sem nenhum motivo aparente é um sinal de alerta, por isso é importante que você recorra a uma ajuda médica o mais rápido possível.



2 - Tontura e suor frio
A má circulação do sangue no corpo afeta também o cérebro, fazendo com que o indivíduo tenha uma sensação de tontura e em alguns momentos até uma má coordenação repentina dos movimentos.

3 - Fraqueza
A fraqueza repentina é causada quando as artérias não estão permitindo uma circulação sanguínea adequada para as necessidades do nosso corpo. Os músculos sem a quantidade adequada de nutrientes e oxigênio transportados pelo sangue, ficam mais fracos, provocando assim a fraqueza e em casos mais graves até quedas repentinas.

4 - Pressão no peito
Quando os sintomas de um princípio de ataque cardíaco surgem, é comum que se sinta uma dor ou pressão no lado esquerdo do peito. A má notícia é que esses sintomas tendem a aumentar ou ficar mais evidentes no momento em que o ataque cardíaco em si já esteja ocorrendo ou prestes a ocorrer.

5 - Fadiga
A fadiga que nos referimos aqui é aquele cansaço sem causa aparente. Isso acontece devido o estreitamento das artérias, fazendo com que o coração receba menos sangue do que necessita e está acostumado, forçando-o a trabalhar mais do que o normal e com menos sangue. Por consequência disso, o indivíduo sente-se cansado e sonolento o tempo todo.



Vale ressaltar que as informações contidas em nosso site não substituem uma consulta médica. Então, caso você apresente alguns dos sinais citados acima, consulte um médico. 

Fonte: Tudo interessante, NHL, Medicine Net

Postagens relacionadas

SAÚDE: Um mês antes de um ataque cardíaco, o corpo vai avisar com estes 5 sinais
4/ 5
Oleh