20 de abril de 2016

Médica cubana morre em Barreiras com suspeita de H1N1

Uma médica cubana, de prenome Clara, foi transferida de Bom Jesus da Lapa para o Hospital do Oeste, em Barreiras, nesta terça-feira (19/abr), com graves problemas de saúde. Nas proximidades do Hospital a paciente, que estava entubada, sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi levada direto para a sala de reanimação. Após diversas tentativas, sem sucesso, foi confirmado o falecimento dela.

Informações obtida pela reportagem do Oeste10 indicam que a médica estava tratando uma pneumonia com antibióticos, mas pela radiografia não foi possível identificar se a doença que causou a morte tenha sido H1N1 ou uma pneumonia complicada (padrão SARA - Síndrome de Angústia Respiratória Aguda).

Foram colhidas amostras de material para exames em Bom Jesus da Lapa. Nas redes sociais cogitaram que a médica teria morrido em decorrência da gripe H1N1, mas somente após os resultados dos exames será possível confirmar a causa da morte.

Como evitar o contágio pela H1N1?

Cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar e jogar o lenço no lixo após o uso. Lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar. Use produtos à base de álcool para higienizar as mãos. Evite tocar os olhos, boca e nariz, para não espalhar os germes. Não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos, pratos e talheres. Evite contato próximo com pessoas doentes. Alimente-se bem.
Quais sintomas indicam que eu posso estar com a nova gripe?

Febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza.

O que eu devo fazer se estiver sentindo isso?

Procure seu médico ou vá a um posto de saúde rapidamente.

Vacina
Há vacina para a prevenção do vírus H1N1, mas na rede pública as doses são destinadas aos grupos prioritários, como crianças de seis meses a cinco anos; gestantes; idosos; profissionais da saúde; povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas ou de enfermidades que comprometam o sistema imunológico.

Fonte: Diário da Chapada

Postagens relacionadas

Médica cubana morre em Barreiras com suspeita de H1N1
4/ 5
Oleh