21 de fevereiro de 2016

Rádio Brilhante FM recebe novas ameaças

A frequência e o aumento do número de casos de violência a jornalistas e radialistas preocupa a Associação Brasileira de Rádio e Televisão que considera inaceitável que profissionais da imprensa sejam impedidos de atuar na cobertura de fatos de interesse da sociedade.

No Brasil, há a liberdade de imprensa e de informação. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não poderão sofrer qualquer restrição, nos termos da nossa Constituição Federal.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem, também proclama o direito à liberdade de opinião e expressão sem constrangimento e o direito correspondente de investigar e receber informações e opiniões e de divulgá-las sem limitação de fronteiras.

A Convenção Europeia dos Direitos do Homem estabelece que “toda a pessoa tem direito à liberdade de expressão. Esse direito compreende a liberdade de opinião e a liberdade de receber ou de comunicar informações ou ideias”.

Enfim, todos os textos descritos anteriormente são claros quanto a vedação a censura de qualquer natureza, seja política, ideológica ou artística.

Nesse contexto, não podemos deixar de mais uma vez, expressar nosso repúdio a algumas pessoas do município de Morro do Chapéu que não sabem viver de acordo com a lei, a ordem e a razão, ao querer intimidar a família Brilhante para que nos calemos, para que nos afrouxemos, para nos amordaçar. Mas não iremos permitir, vivemos em 2016 onde a liberdade de expressão é permitida e estamos fazendo o nosso trabalho ao mostrar a verdade do que está ocorrendo com o povo, as ruas, as obras, com as nossas crianças de Morro do Chapéu. Uma vergonha! Uma lástima!

Recebemos informações veladas de provável nova invasão a nossa Brilhante FM como ocorrido no passado, a qual teve repercussão e repulsa nacional e internacional em diversos meios de comunicação, associações e entidades.

As ameaças ocorreram por pessoa pública do Município de Morro Chapéu em restaurante da mesma cidade ao afirmar em alto e bom som: “VOU TOCAR FOGO NA RADIO BRILHANTE, SE NÃO FOR NA SEDE, SERÁ NA ANTENA”.

As providências cabíveis já foram tomadas. Além das providências jurídicas, foi comunicado também a Associação Brasileira de emissoras de rádio e televisão, a Associação Baiana de impressa e ao Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão da Bahia, além da polícia federal e civil.

Da Redação Radio Brilhante FM

Postagens relacionadas

Rádio Brilhante FM recebe novas ameaças
4/ 5
Oleh