13 de janeiro de 2015

Irecê ganha parceria política do governo do Estado

O prefeito Luizinho Sobral foi um dos destaques da cerimônia realizada, nesta segunda-feira (12), na Governadoria, em Salvador, quando o Partido Trabalhista Nacional (PTN) oficializou o ingresso na base aliada do Governo do Estado. O PTN chega ao grupo liderado pelo governador Rui Costa (PT) depois de se sacramentar como um dos partidos que mais cresceu nas últimas eleições e em função do notável desempenho de parlamentares e prefeitos da legenda. A chegada do partido foi comemorada pelo governador, que destacou a importância política e institucional do novo aliado. “Ninguém faz nada sozinho: é preciso muita gente para executar as mudanças que a Bahia precisa. Estou muito alegre em receber o apoio formal do PTN. Não haverá diferença de tratamento entre os partidos da base. Confio no PTN e nas pessoas que compõem o PTN”, disse o petista ao confirmar que partiu dele o convite para que a legenda aderisse ao grupo do Palácio de Ondina. 

Durante o discurso, Rui Costa também fez questão de pontuar como será estabelecida a nova conjuntura política na Região de Irecê. “Irecê se fortalece. Como disse, não faremos diferença entre aliados. O prefeito [Luizinho Sobral] ganha a parceria política do governador, já que ele agora compõe a base do governo”, sentenciou. Luizinho, por sua vez, ressaltou os benefícios sociais da nova estrutura política. “Essa parceria com o Governo do Estado, com certeza, trará muitas conquistas para Irecê e vai oferecer novas ferramentas institucionais para alavancar o processo de modernização em andamento na cidade”, observou o gestor.  Hoje, o Partido Trabalhista Nacional possui sete prefeitos, seis vices, três deputados estaduais, um federal e 70 vereadores em toda a Bahia.

Repercussão

Marcaram presença no evento o presidente estadual do PTN, Maurício Bacelar, os deputados federais João Carlos Bacelar, Valmir Assunção, José Carlos Araújo e Marcos Medrado, e diversas autoridades, a exemplo do senador Otto Alencar (PSD), o presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Nilo, o também deputado estadual Rosemberg Pinto, o ex-deputado Bira Coroa, os secretários estaduais Josias Gomes (Relações Institucionais), Osvaldo Barreto (Educação) e André Curvello (Comunicação); além do chefe de gabinete do governador, Cícero Monteiro, e os vereadores de Irecê Léo da Unibel, Espedito Moreira, Margarida Cardoso, Joilton Silva, Valdereis Lopes e Paulinho do Destak e o suplente de vereador Professor Hildegar. 

O assunto teve grande repercussão em Irecê, onde os “companheiros” do governador Rui Costa estão bastante preocupados com as consequências políticas e eleitorais da nova conjuntura. 

Postagens relacionadas

Irecê ganha parceria política do governo do Estado
4/ 5
Oleh