6 de outubro de 2014

No exterior, Aécio fica e 1º e Dilma em 3º lugar

Além da votação no Brasil, os brasileiros que vivem no exterior também puderam participar da eleição para presidente.

A votação foi realizada em 135 cidades de 89 países, mas os resultados não seguiram o mesmo padrão do que foi se viu em solo brasileiro.

Na apuração dos votos vindos do exterior, quem apareceu em primeiro lugar foi Aécio Neves (PSDB), com 49,51% dos 132.739 votos válidos registrados fora do País, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral.

Marina Silva (PSB) foi a segunda mais votada, com 26,01%, o que representa 34,5 mil votos.

Já Dilma Rousseff (PT), que ficou em primeiro lugar no Brasil, no exterior apareceu em terceiro lugar, com 18,35% dos votos.

Luciana Genro (Psol) aparece em quarto lugar, com 2,6% dos votos, seguida por Eduardo Jorge (PV), com 1,56%, Pastor Everaldo (PSC), 0,68%, Zé Maria, 0,49%, Levy Fidelix (PRTB), 0,33%, Mauro Iasi (PSTU), 0,20%, e Rui Costa Pimenta (PCO), com 0,05%.

A votação no exterior começou às 16h de sábado (horário de Brasília) na cidade de Wellington, na Nova Zelândia.

As últimas seções eleitorais a fecharem foram as das cidades de Los Angeles e São Francisco, ambas nos Estados Unidos, e Vancouver, no Canadá, onde o registro de votos terminou às 21h de domingo.

Resultado

Aécio Neves disputará o segundo turno, no dia 26 de outubro, com a candidata à reeleição Dilma Rousseff. Com 99,9% dos votos apurados até as 23h30 deste domingo, a candidata à reeleição Dilma Rousseff lidera com 41,59%, seguida por Aécio Neves, que teve 33,55%, Marina Silva com 21,32% e Luciana Genro (Psol) com 1,55%. Os outros candidatos não tiveram 1%. Votos em branco somaram 3,84% e os nulos, 5,80%. Em todo o País, foram 19,39% de abstenção.

Postagens relacionadas

No exterior, Aécio fica e 1º e Dilma em 3º lugar
4/ 5
Oleh