13 de junho de 2014

Paraplégico dá primeiro chute da Copa do Mundo no Brasil

Antes dos pés de Neymar e companhia chutarem a bola na partida dessa quinta-feira (12), em São Paulo, os pés de um paciente paraplégico deram um chute ainda mais simbólico na bola. O projeto Andar de Novo, liderado pelo neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis realizou com sucesso uma demonstração histórica no campo da Arena de São Paulo. Pena que poucas pessoas puderam perceber esse momento histórico na transmissão da TV.

No meio da apresentação, o paciente movimentando uma veste robótica controlada pela atividade cerebral, também chamado de exoesqueleto, deu o primeiro chute da Copa. O exoesqueleto foi apelidado pelos pesquisadores de Exo BRA-Santos Dumont. Nas redes sociais, vários usuários criticaram a falta de exposição do momento, que só foi reprisado pelas emissoras após o show.

Na internet, Nicolelis comemorou em seu Twitter de forma discreta:

— Conseguimos!

O projeto Andar de Novo é um consórcio formado por 156 cientistas, engenheiros e técnicos de universidades e institutos de pesquisa distribuídos pelo mundo. Coordenado por Nicolelis, o projeto é considerado um avanço para a área de pesquisa de tecnologia em prol da saúde de pessoas desabilitadas. (R7)

Postagens relacionadas

Paraplégico dá primeiro chute da Copa do Mundo no Brasil
4/ 5
Oleh