3 de junho de 2014

Número de eleitores no exterior cresce 68,2%, diz TSE

O número de eleitores no exterior que poderão votar nas eleições de outubro cresceu 68,2% em relação às eleições presidenciais de 2010. Os dados foram divulgados ontem (2) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano, 337,1 mil eleitores que vivem fora do país estão aptos a votar. Em 2010, foram 200,3 mil. Brasileiros no exterior podem votar apenas para eleger o presidente da República. De acordo com levantamento, o país que terá mais brasileiros votando serão os Estados Unidos (108,6 mil eleitores), seguido por Japão (30,6 mil), Portugal (30,4 mil), Itália (20,9 mil) e Alemanha (17,5 mil). Três cidades norte-americanas têm a maior concentração de eleitores aptos a votar: Nova York (20,9 mil); Miami (20,3 mil) e Boston (18,2 mil). As capitais europeias Lisboa (17,1 mil) e Londres (15,9 mil) aparecem em seguida. Nas eleições de 2010, a votação ocorreu em 113 países e foram instaladas 624 seções eleitorais em embaixadas brasileiras e órgãos consulares ligados ao país. Agência Brasil

Postagens relacionadas

Número de eleitores no exterior cresce 68,2%, diz TSE
4/ 5
Oleh