19 de maio de 2014

Homem pede US$ 2 undecilhões de indenização nos EUA

Um morador de Manhattan, em Nova York, está processando a prefeitura da cidade, o Departamento de Trânsito municipal, a rede de café Au Bon Pain, dois hospitais, a linha de lojas Kmart, uma dona de um cão e tantos outros moradores e estabelecimentos locais. Ele quer uma indenização no valor de US$ 2 undecilhões (2 seguido de 36 zeros), de acordo com o jornal New York Post.

Anton Purisima, 62 anos, entrou com uma ação em um tribunal federal de Manhattan em busca de mais dinheiro do que há em quantidade disponível no planeta. No processo de 22 páginas, ele acusa os réus de violações de direitos civis e tentativa de assassinato.

Entre as suas acusações, Purisima afirma que teve seu dedo médio infectado após ser mordido por um cachorro em um ônibus da cidade e que teve fotos suas tiradas por um casal chinês enquanto estava sendo tratado em um hospital local.

O processo afirma que a dor e o dano que ele sofreu não podem ter valor calculado em dinheiro e, portanto, não têm preço. Purisima incluiu uma foto do dedo ensanguentado no processo.

Postagens relacionadas

Homem pede US$ 2 undecilhões de indenização nos EUA
4/ 5
Oleh