28 de maio de 2014

Bahia tem o 2º maior crescimento nas taxas de homicídios e suicídios

A Bahia é o estado com o segundo maior crescimento nas taxas de homicídios e suicídios por 100 mil habitantes do país, entre 2002 e 2012, conforme prévia do Mapa da Violência 2014: Os Jovens do Brasil, divulgada ontem. Em 2002, foram 1.735 homicídios no estado. Já em 2012, o número chegou a 5.936 — uma variação percentual, nos anos considerados, de 221,6%.

No mesmo período, o estado perde apenas para o Rio Grande do Norte — que registrou 301 homicídios em 2002 contra 1.121, em 2012, e variação de 229,1%. A variação nacional de assassinatos foi de 2,1%.

A assessoria de comunicação da Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que vai analisar o estudo, bem como a sua metodologia, para só então se pronunciar a respeito. No caso de suicídio, a variação percentual na década foi de 92 na Bahia e 20,3 em todo o país. Na Bahia, em números absolutos, foram 233 suicídios em 2002, contra 476, em 2012.  

No último ano do levantamento,  a Bahia figurou  na quinta posição na taxa de homicídios, atrás de Alagoas, Espírito Santo, Ceará e Goiás. Mesmo assim, a evolução ainda em relação aos demais estados, indica que não houve decréscimo da violência.

O documento se baseia no Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde (MS) e é assinado pelo coordenador  da Área de Estudos da Violência, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), Julio Jacobo Waiselfisz.

Com informações do Correio.

Postagens relacionadas

Bahia tem o 2º maior crescimento nas taxas de homicídios e suicídios
4/ 5
Oleh