30 de abril de 2014

Setor de bebidas frias estima aumento de até 10% sobre preços com reajuste de tributos

Um mês depois de anunciar reajuste da tributação sobre cervejas, isotônicos, refrescos e energéticos, a Receita Federal anunciou novo reajuste sobre o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e PIS/Cofins sobre bebidas frias, o que inclui também refrigerantes e águas. A nova tabela de tributação será publicada nesta quinta-feira (1º) e a Receita Federal estima um impacto de 1,3% sobre o preço dos produtos. Em nota, a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) se manifestou surpresa em relação à medida, por ter sido determinada sem discussão com o setor.  No comunicado, a CervBrasil ainda criticou o momento em que o reajuste foi feito, às vésperas da Copa do Mundo. Executivos do setor prevêem um repasse desse custo em 5% a 10% sobre os valores de varejo, apesar da promessa de não incrementar os valores para o Mundial. Com informações do jornal O Globo e revista Veja.

Postagens relacionadas

Setor de bebidas frias estima aumento de até 10% sobre preços com reajuste de tributos
4/ 5
Oleh