3 de abril de 2014

Saúde amplia vacinação contra gripe para crianças de até cinco anos

O Ministério da Saúde ampliou de 2 para 5 anos a idade máxima das crianças que deverão ser vacinadas contra o vírus da gripe neste ano. A idade mínima, de 6 meses, foi mantida.

Segundo o Ministério da Saúde, a faixa etária foi ampliada para evitar complicações e mortes pela doença entre crianças. Outro fator apontado pelo governo federal para alterar o público-alvo foi o fato de as taxas de internação de menores de 5 anos terem se igualado às dos idosos no ano passado.

A alteração foi anunciada nesta quarta-feira, 2, pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante lançamento da campanha nacional de vacinação, que será realizada no período de 22 de abril a 9 de maio. A meta da pasta é imunizar 80% do público-alvo da campanha, formado por 49,6 milhões de pessoas em todo o País. Só no Estado de São Paulo, 11,2 milhões fazem parte do grupo prioritário.

Além das crianças, deverão se vacinar idosos a partir dos 60 anos, mulheres que tiveram filhos há menos de 45 dias, pacientes com doenças crônicas, indígenas, trabalhadores de saúde, detentos e funcionários do sistema prisional.

Os pacientes com doenças crônicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Estão incluídos nesse grupo pessoas com problemas respiratórios, cardíacos, renais, hepáticos e neurológicos, além de diabéticos e obesos grau 3.

Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão procurar os postos em que estão registrados para receber a vacina, sem necessidade de apresentar o pedido médico.

Inverno. O ministro da Saúde explicou que é importante que as pessoas se vacinem no período definido pelo ministério, antes do inverno, porque, após a aplicação da vacina, o paciente demora de duas a três semanas para produzir anticorpos contra o vírus. Só depois desse processo ele estará protegido.

Segundo o ministério, estudos mostraram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% o índice de mortalidade por complicações da gripe.

O governo estabeleceu 26 de abril como data de mobilização nacional contra o vírus. Nesse dia, um sábado, os 65 mil postos participantes da campanha abrirão para vacinar o público-alvo da campanha. (Estadão)

Postagens relacionadas

Saúde amplia vacinação contra gripe para crianças de até cinco anos
4/ 5
Oleh