30 de abril de 2014

Moradora faz protesto inusitado para reclamar de alagamentos em Olinda

Foto: Taciana Ferreira/comuniQ
Deitada numa boia, uma senhora de nome Dulce segurava uma latinha de cerveja, com as pernas cruzadas para o alto. Seu filho puxava a mãe por uma corda. Parece diversão, mas dona Dulce não boiava em uma piscina. Ela flutuava sobre a água do alagamento da Praça Expedicionário Brasileiro, no bairro de Jardim Brasil I, em Olinda, por volta das 8h desta quarta-feira (30).

O registro feito pela leitora Taciana Ferreira, através do aplicativo comuniQ, flagrou o protesto da vendedora de bolos caseiros. Propositalmente, ela decidiu passear de boia sobre o alagamento. "Ela gritou para que a gente tirasse foto e mandasse para a imprensa", disse a leitora.

Taciana disse que os moradores de Jardim Brasil I sofrem bastante com as chuvas que atingem a localidade. "A água invade as casas pela infiltração do esgoto e pelas portas também", contou. Em outras fotos, é possível entender a atitude de dona Dulce. A impressão de quem via a Praça Expedicionário Brasileiro na manhã de hoje é de estar olhando uma lagoa. Água barrenta espalhada por todos os lados, lixo acumulado, prejudicando o escoamento da chuva. JC Online


Foto: Taciana Ferreira/comuniQ

Postagens relacionadas

Moradora faz protesto inusitado para reclamar de alagamentos em Olinda
4/ 5
Oleh