14 de abril de 2014

Atentados a bomba matam pelo menos 71 pessoas na Nigéria

Foto: AFP
Dois atentados a bomba mataram hoje (14) pelo menos 71 pessoas e deixaram 124 feridas em um terminal rodoviário perto da capital da Nigéria, Abuja. As informações foram dadas pelo porta-voz da polícia local, Frank Mba. “Os feridos receberam assistência nos hospitais em Abuja e nos arredores", relatou.

As explosões aconteceram por volta das 6h45 (2h45 no horário de Brasília), quando os passageiros esperavam para embarcar em 12 veículos estacionados no terminal de Abuja. Devido à força dos artefatos, houve muita confusão, com corpos mutilados espalhados pelo chão. Os bombeiros e equipes de resgate trabalharam durante a manhã para apagar o incêndio gerado pela detonação da bomba e para retirar os corpos do local.

Nenhum grupo reivindicou a autoria dos ataques até agora, mas as autoridades nigerianas suspeitam da milícia radical islâmica Boko Haram, a mesma que, há pouco mais de uma semana, causou a morte de 98 pessoas em três ataques no Norte do país. Desde 2009, quando seu líder, Mohamed Yusuf, foi morto pela polícia, estima-se que o grupo já tenha causado mais de 3 mil mortes. Somente em 2014, as autoridades calculam que 250 mil famílias fugiram de suas casas, no Noroeste da Nigéria, e 700 pessoas morreram nos ataques terroristas.

Em 2011, o Boko Haram fez um dos seus ataques mais violentos, explodindo um carro no edifício da Organização das Nações Unidas (ONU) em Abuja, matando pelo menos 26 pessoas. A Nigéria, recentemente reconhecida como a maior economia da África, tem 170 milhões de habitantes, divididos em aproximadamente 200 grupos tribais, o que gera muitas tensões políticas, socioeconômicas, religiosas e territoriais.

Agência Brasil Com informações da Lusa

Postagens relacionadas

Atentados a bomba matam pelo menos 71 pessoas na Nigéria
4/ 5
Oleh