11 de março de 2014

Celulares de passageiros chegaram a chamar, dizem parentes

Alguns parentes de passageiros do Boeing 777 da Malaysia Airlines, desaparecido desde sexta-feira (7), afirmaram que ligações feitas aos familiares chegaram a chamar, indicando que os celulares estavam ligados e com bateria. No entanto, as ligações não foram atendidas.

Segundo reportagem do site China.org.cn, 19 famílias assinaram um comunicado afirmando que ligações para seus familiares chamaram.

De acordo com o jornal Singapore's Strait Times, um funcionário da Malaysia Airlines disse que a própria companhia ligou para a tripulação e que seus celulares chamaram.

Um homem, cujos companheiros de trabalho estavam no avião, conseguiu localizar o número de três deles on-line em um aplicativo de mensagens instantâneas chinês chamado QQ, segundo o Washington Post.

Os episódios deram esperança aos parentes que pediram às autoridades que rastreassem os aparelhos de celular.

Um especialista ouvido pela rede americana NBC disse, porém, que ouvir as chamadas não significa necessariamente que o celular do receptor esteja tocando.

Jeff Kagan explica que alguns telefones começam o som de chamada automaticamente quando o botão "ligar" é acionado. Na verdade, a rede ainda está buscando o aparelho e, caso encontrado, o celular do receptor começa a chamar realmente.

Se a rede não localiza o telefone, a ligação termina ou para de chamar.

Mesmo para ligações a celulares desligados e fora de serviço, a rede pode demorar alguns segundos para confirmar a indisponibilidade, diz o especialista.

O voo MH370, com 239 pessoas a bordo, perdeu contato cerca de uma hora após levantar voo de Kuala Lumpur na sexta-feira (7, pelo horário de Brasília), rumo a Pequim.

Postagens relacionadas

Celulares de passageiros chegaram a chamar, dizem parentes
4/ 5
Oleh