16 de janeiro de 2014

Polícia prende suspeito de sequestrar ganhador da Mega Sena

Policiais da Rota (tropa de elite da polícia paulista) prenderam na noite de quarta-feira um homem de 27 anos suspeito de envolvimento no sequestro de um pedreiro ganhador da Mega-Sena e seu irmão, em dezembro do ano passado, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Diego Santos, conhecido como "Coringa", foi preso em um patrulhamento de rotina em um bar do bairro Jardim Tremembé, na zona norte da capital paulista. Com ele e em sua casa, foram apreendidos mais de R$ 6.000, uma pistola 9 mm e anotações que remetem à contabilidade do tráfico de drogas.

Segundo a polícia, Santos é apontado como membro da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e como mandante dos atos de vandalismo que paralisaram a rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, em outubro do ano passado.

O sequestro do pedreiro, de 43 anos, ganhador de R$ 7,8 milhões na Mega-Sena, ocorreu em 23 de dezembro no Parque Continental 2, em Guarulhos. Os criminosos exigiram R$ 500 mil de resgate, e reduziram o valor para R$ 80 mil, mas as vítimas encontradas pela polícia antes do pagamento.

Outros dois suspeitos estavam com as vítimas no momento da abordagem. Um deles morreu em troca de tiro com a polícia e o outro foi preso. O pedreiro e seu irmão escaparam ilesos.

Postagens relacionadas

Polícia prende suspeito de sequestrar ganhador da Mega Sena
4/ 5
Oleh