2 de janeiro de 2014

Brasileira de 17 anos morre em explosão de carro-bomba no Líbano

A adolescente brasileira Malak Zahwe, de 17 anos, foi uma das cinco pessoas mortas no atentado que ocorreu nesta quinta-feira em Beirute, a capital do Líbano. A madrasta da menina também morreu. Pelo menos outras 20 pessoas ficaram feridas. 

Malak nasceu em Foz do Iguaçu, no Paraná, onde morou até os 14 anos. Há três anos a família decidiu ir para o Líbano.

O atentado ocorreu por volta das 12h. Malak e a madrasta foram atingidas pela explosão de uma bomba quando saíam de um restaurante, em Al-Aarid, onde há muitas lojas. A sede do Conselho Político do Hezbollah fica a cerca de 200 metros do local da explosão do carro-bomba.

O ataque ocorreu menos de uma semana após o atentado com carro-bomba que matou em 27 de dezembro o conselheiro do ex-primeiro-ministro Saad Hariri, Mohammad Chatah, hostil ao Hezbollah e ao regime de Bashar al-Assad na vizinha Síria.

Postagens relacionadas

Brasileira de 17 anos morre em explosão de carro-bomba no Líbano
4/ 5
Oleh