30 de janeiro de 2014

Brasil lidera número de mortes de travestis e transexuais, aponta ONG

O Brasil, que nesta quarta-feira celebrou o Dia da Visibilidade Trans, é o país onde mais ocorrem assassinatos de travestis e transexuais em todo o mundo, segundo um relatório da ONG internacional Transgender Europe.

Entre janeiro de 2008 e abril de 2013, foram 486 mortes, quatro vezes a mais que no México, segundo país com mais casos registrados.

O relatório é baseado no número de casos reportados, o que indica que ele pode ser ainda maior e não só no Brasil, mas em todo mundo, já que países como Irã e Sudão não possuem dados disponíveis sobre este tipo de crime.

Postagens relacionadas

Brasil lidera número de mortes de travestis e transexuais, aponta ONG
4/ 5
Oleh