28 de janeiro de 2014

Acidente BR-110: Motorista de carreta diz que não tinha obrigação de verificar se trator estava preso

O motorista da carreta que se envolveu no acidente na BR-110, que deixou 14 mortos – até o momento, a Polícia Rodoviária Federal confirma que dez pessoas morreram no local e, das 21 levadas para hospitais da região, quatro faleceram – presta depoimento na tarde desta segunda-feira (27) na Delegacia Territorial de Alagoinhas. De acordo com informações do delegado Jobson Lucas Marques, coordenador de 23 delegacias da região, o motorista já afirmou não ser de sua responsabilidade verificar se o trator, que era levado na carreta que ele conduzia, estava devidamente preso.

 Segundo o delegado, o condutor é autônomo e havia sido contratado pela empresa São Luís, que põe a responsabilidade do ocorrido no motorista. “No nosso ponto de vista, tanto o condutor quanto a empresa são responsáveis pelo acidente. Ele, por ser motorista profissional e ter obrigação de verificar o veículo antes de seguir viagem e a empresa por ser a primeira responsável por prender o equipamento”, opinou o delegado. Ainda de acordo com Jobson, o motorista está acompanhado de um advogado e ainda não há previsão de quando o depoimento será finalizado. O acidente ocorreu por volta das 7h desta segunda no Km 322 da BR-110, próximo ao município de Inhambupe, no nordeste do estado. (Bahia Noticia)

Postagens relacionadas

Acidente BR-110: Motorista de carreta diz que não tinha obrigação de verificar se trator estava preso
4/ 5
Oleh