17 de setembro de 2013

Tempestade e furacão já mataram 47 no México

O número de mortos no México devido a uma tempestade tropical e a um furacão que atingiram concomitantemente o país subiu para 47 hoje.

Autoridades se esforçavam para obter ajuda e para retirar turistas da cidade de Acapulco, na costa leste do país.

Estradas estão bloqueadas por deslizamentos de terra e de pedra e por inundações; pontes desabaram. A cidade ficou isolada de transporte rodoviário após a tempestade tropical Manuel atingir a região no domingo.



Segundo as autoridades, pode levar pelo menos dois dias para que se abra a estrada principal para Acapulco, onde vivem cerca de 800 mil pessoas.

O terminal do aeroporto internacional ficou inundado, mas as pistas não foram atingidas. Voos de emergência começaram a chegar para evacuar os cerca de 40 mil turistas, principalmente mexicanos, que ficaram retidos na cidade.

O secretário do Interior, Miguel Angel Osorio Chong, disse à rádio Fórmula que 27 pessoas morreram por causa da tempestade no Estado de Guerrero, onde fica Acapulco. Outras 20 pessoas morreram em todo o país, muitas como resultado de furacão Ingrid, que atingiu a costa do Golfo do México na segunda-feira.

Meteorologistas mexicanos disseram que é a primeira vez desde 1958 que duas tempestades tropicais ou furacões atingem ambas as costas do país no prazo de 24 horas.

Enquanto a maioria dos hotéis em Acapulco parecia funcionar normalmente hoje, muitos bairros dos subúrbios ficaram sem água ou eletricidade.

Postagens relacionadas

Tempestade e furacão já mataram 47 no México
4/ 5
Oleh