21 de setembro de 2013

Rachel Sheherazade critica julgamento do mensalão e distância entre juízes e povo

Ao comentar a recente decisão do STF no que toca ao julgamento do mensalão, a jornalista Rachel Sheherazade afirmou que "não gostou nem um pouquinho", pois "além de atrasar indefinidamente", abre possibilidade para redução de penas, prescrição de crimes e absolvição de réus.

Para a jornalista, a decisão provou que a Justiça continuará "encartelada" e falha, restrita a letras frias da lei. Ressaltou, ademais, que "se os juízes ouvissem mais o povo, talvez houvesse mais Justiça".



Postagens relacionadas

Rachel Sheherazade critica julgamento do mensalão e distância entre juízes e povo
4/ 5
Oleh